top of page

Entenda como funciona o indicador de carga Moura

O indicador de carga serve para entendermos o estado de uma bateria automotiva, ou seja, se ela está carregada, descarregada ou sobrecarregada. Se o carro estiver com a bateria fraca, os itens elétricos e eletrônicos do automóvel não funcionam e o carro não anda.

Nestes casos, é importante levar o automóvel em uma rede autorizada de baterias para saber como está a carga da peça.


O indicador de carga Moura fica na bateria automotiva. Ele auxilia no teste de bateria que é feito em lojas, concessionárias, oficinas e auto centers autorizados.

O teste facilita o diagnóstico da bateria e auxilia o proprietário nas revisões antes de viajar, por exemplo. Ao fazer o procedimento, você evitará que o seu cliente tenha surpresas desagradáveis com o carro.


No entanto, como interpretar o indicador de carga Moura? Confira as orientações abaixo!


Como funciona o indicador de carga Moura?


Para as baterias que contam com o visor de carga, observa-se a bolinha do visor: se ela estiver verde é sinal que a bateria está carregada.


Essa bolinha fica dentro de uma espécie de gaiola preta e o conjunto formado por gaiola + prisma + bolinha fica submerso na água da bateria.


Se a bateria está com boa carga é sinal de que o fluido tem muitos eletrólitos. Com isso, há maior densidade do líquido da bateria (que corresponde a massa específica).


Portanto, se a massa específica corresponder a pelo menos 1210, a carga da bateria estará no padrão aceitável.


Neste caso, a bolinha vai flutuar e encostar no prisma, refletindo a cor verde. No entanto, se a bateria estiver ruim, a bolinha afundará e a luz preta será exibida.


Como é calculada a capacidade da bateria?


Para calcular a capacidade da bateria, você deve multiplicar a corrente elétrica consumida por 20 horas (até que a tensão atinja 10,5 volts), sendo 20 horas o tempo de consumo padrão estabelecido pela Agência Brasileira Nacional de Normas Técnicas – ABNT.

Um exemplo simples seria: se uma bateria tem a capacidade de sustentar uma corrente elétrica de 4 amperes contínuo por 20 horas, neste caso, a amperagem da bateria será de:

4A x 20 horas = 80Ah

Conferir a capacidade da bateria é muito importante para ver se ela sustenta a corrente elétrica


Quais os sinais que identificam a bateria fraca?


Confira nossas dicas:

  • Encontrar dificuldades em dar a partida no automóvel. Geralmente, isso acontece na parte da manhã. O condutor vira a chave do carro, mas o veículo não funciona;

  • Deixar os faróis do automóvel acesos durante muito tempo ou deixar outros componentes ligados ao mesmo tempo;

  • Deixar o carro parado dentro da garagem por muito tempo;

  • Confira a oxidação dos pólos da bateria e veja se há zinabre. Quando há o problema, o alternador não consegue carregar a peça da maneira adequada;

  • Indique o teste de bateria para o proprietário do automóvel;

  • Peça ao cliente para observar os faróis com o veículo em movimento. Se a luz for irregular, a bateria poderá não estar sendo carregada de forma correta.

Lembramos que locais com muita umidade no ar e regiões mais frias, podem prejudicar as baterias.



O teste da bateria deve ser feito por quem?


O teste da bateria sempre deve ser feito por uma autorizada. Seja oficina mecânica, auto center, loja de baterias automotivas ou de automóveis.


Deixe claro para o seu cliente sobre a importância de levar a peça à quem realmente entende do assunto e nunca o incentive a fazer testes na bateria por conta própria ou a famosa “chupeta”.

Além das pessoas correrem riscos de acidentes, também acabam com a garantia da peça.


Testes em baterias automotivas devem ser realizados por mecânicos especializados.

O indicador de carga da Moura é uma peça super importante, atente-se para o uso correto! Além disso, use o cálculo da capacidade da bateria para saber se a peça que está no automóvel é a certa.


300 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page